Um fundo para fortalecer a doação no Brasil

fundo bis logo-01Acaba de nascer uma iniciativa para fortalecer a cultura de doação no Brasil. É o Fundo BIS, anunciado na noite de ontem, durante as comemorações do vigésimo aniversário do GIFE – Grupo de Institutos, Fundações e Empresas. A ideia é que os rendimentos desse fundo sejam usados para financiar projetos que melhorem a infraestrutura do setor social.

Capitaneada pelo GIFE e gerenciada pela J.P. Morgan, a proposta parte de um movimento liderado pelo Instituto Arapyaú, composto por diferentes organizações, setores e abordagens para pensar como, coletivamente, é possível avançar na área.“O fundo não se destina a apoiar organizações diretamente, mas apoiar iniciativas de alguma forma contribuam para melhorar o ambiente de doação no Brasil”, afirmou o secretário-geral do GIFE, Andre Degenszajn.

De acordo com ele, o fundo vai apoiar iniciativas em quatro grandes áreas: pesquisa e produção de dados; comunicação e campanhas; alterações legais e regulatórias e; inovações. “Propostas que contribuam para melhorar captação, melhorar conhecimento sobre o campo, novas ferramentas e softwares para facilitar organizações a captarem recursos e ajudar doadores a identificarem causas que desejam contribuir”, complementou.

Para isso, o desafio é que institutos, fundações, empresas e indivíduos destinem 1% de seus orçamentos para esse fundo. Mas, segundo o próprio GIFE, antes mesmo de ser lançado, já se imagina um fundo patrimonial de R$ 500 mil. E é apenas o começo.

Ainda em fase de implementação, resta escolher as organizações que farão parte do comitê de investimentos, que vai decidir a alocação dos recursos, e a organização responsável pela avaliação técnica do que foi investido.

Mais informações: www.gife.org.br

QUER SABER DAS TENDÊNCIAS EM IMPACTO SOCIAL E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS? CADASTRE-SE

mobiliza-fundo

Entre em contato e solicite uma conversa (13) 99715-7973 ou contato@mobilizaconsultoria.com.br