Promoção da Cultura da Doação é tema de destaque no Congresso GIFE 2018

Décima edição do Congresso GIFE traz discussão sobre Cultura de doação.

Entre os dias 4 e 6 de abril, acontecerá a décima edição do Congresso GIFE. Realizado a cada dois anos, o evento tem como objetivo reunir especialistas e profissionais para discutir o investimento social privado (ISP) no país e servir como ponto de encontro de investidores sociais, dirigentes de organizações da sociedade civil, acadêmicos, consultores e representantes de governos.

Neste ano, usando como gancho a agenda política no país, o tema “Brasil, democracia e desenvolvimento sustentável” propõe que os participantes pensem quais as contribuições do ISP para a formação de novas agendas e convergências. Nesse sentido, um dos temas mais recorrentes no campo social, a Cultura de Doação, terá um destaque na programação do dia 5 de abril.

Mediada por Georgia Pessoa, do Instituto Humanize, a mesa  “Cultura de doação e grantmaking: superando barreiras para um país mais doador” irá contar com a participação do fundador da Mobiliza, Rodrigo Alvarez; da superintendente da Fundação Itaú Social, Angela Dannemann; e da diretora do Instituto Betty e Jacob Lafer, Ines Mindlin Lafer.

Juntos, irão discutir pontos como: a relação dos investidores sociais com as OSC; a forma que essas atuam, se relacionam e se posicionam para conquistar potenciais investidores; quais são as possíveis formas de expansão do grantmaking; novas estratégias do campo social; como o fomento à cultura de doação pode contribuir para o fortalecimento da sociedade civil, entre outros.

Essa discussão irá ganhar novos olhares em outra conversa, também no dia 5. Aberta ao público, a mesa “Fortalecimento das OSC: cultura de doação” tem como objetivo sair do teórico e ir para a prática ao apresentar um panorama de iniciativas que promovem a temática de doação, incentivam sua discussão e trabalham para entender e incentivar um relacionamento mais próximo entre as organizações e a população doadora.

Entre os participantes, está Rodrigo Bueno, do Estúdio Cais, que irá apresentar a plataforma Viralize (que busca conectar a audiência presente na internet, por meio de influenciadores digitais, a causas e projetos que precisam de financiamento ); Nina Valentini, que irá apresentar o Movimento Arredondar (que propõe o arredondamento de compras em plataformas de e-commerce, possibilitando microdoações); Juana Kweitel, do Conectas, com apresentação de uma pesquisa sobre o perfil o perfil social, demográfico e comportamental do doador médio brasileiro para causas de Direitos Humanos, entre outros.

As ementas de ambas as mesas podem ser conferidas na programação do Congresso, disponível na íntegra neste link.

QUER SABER DAS TENDÊNCIAS EM IMPACTO SOCIAL E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS? CADASTRE-SE

mobiliza-fundo

Entre em contato e solicite uma conversa (13) 99715-7973 ou contato@mobilizaconsultoria.com.br