Organizações devem estar preparadas para se inscrever em editais e chamadas de projetos

Para garantir a sustentabilidade financeira de qualquer organização da sociedade civil, a Mobiliza sempre insiste na tecla da diversificação de fontes. É preciso aproveitar os tempos de escassez de recursos para buscar novos métodos de captação e atração de potenciais investidores.

Uma das formas de fazer isso é estudar diariamente os movimentos do setor social. O que mudou, o que permanece, o que especialistas da área dizem sobre a atual conjuntura de crise política e econômica no país, como é possível aproveitar esse cenário para ter ideias e inovar na forma de captação, entre outras informações.

Além disso, a participação em editais – públicos ou privados – é uma das alternativas para buscar financiamento. Para que as organizações fiquem atualizadas sobre novas chamadas de projetos, o portal Prosas reúne um grande acervo de editais públicos, privados e até mesmo internacionais. No site, é possível realizar um cadastro para receber as novidades. O site da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) também tem uma seção para divulgação de chamadas de projetos.

A Fundação Volkswagen, por exemplo, recebe, até o dia 2 de abril, inscrições para a 11ª edição do Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade. A ideia do edital é selecionar projetos de organizações sociais, com sede em até 200 km das unidades da Volkswagen, que contem com o apoio voluntário de funcionários, estagiários ou terceiros da empresa.

Já a Fundação Arymax está com inscrições abertas, até o dia 5 de abril, para a chamada “Liderança Jovem” que, a partir da crença no poder de transformação dos jovens, tem como objetivo apoiar organizações que promovam mudanças sociais a partir do apoio a lideranças e protagonismo do público de 18 a 35 anos. A Brazil Foundation, por sua vez, anunciou o apoio de R$ 1 milhão para 43 iniciativas sociais, oriundas de 15 estados brasileiros. Aproximadamente metade do recurso será investido em 23 iniciativas destinadas exclusivamente à educação e cultura.

Prepare o terreno

Independente do edital, muitas vezes as organizações ficam sabendo das oportunidades dias antes do prazo terminar. Por isso, um passo fundamental é, além de sempre buscar informações sobre as datas, manter os projetos redigidos e atualizados. Em muitos formulários de inscrição, são solicitados pontos em comum, como: objetivo, justificativa e metodologia da ação desenvolvida, público-alvo atendido, orçamento necessário, resultados (caso o trabalho já esteja em andamento), além do envio de documentação comprobatória.

Manter essa preparação em dia pode ser um fator decisivo na hora de realizar as inscrições. Outro ponto que pode ajudar no processo de conhecer as possibilidades de editais abertos e cuidar da demanda das inscrições é designar uma pessoa ou uma equipe para cuidar dessa função. Com isso, maximiza-se a chance de conseguir ao menos participar da seleção ao não deixar passar nenhuma oportunidade.

QUER SABER DAS TENDÊNCIAS EM IMPACTO SOCIAL E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS? CADASTRE-SE

mobiliza-fundo

Entre em contato e solicite uma conversa (13) 99715-7973 ou contato@mobilizaconsultoria.com.br