Casa da Esperança de Santos contrata Coordenador de Desenvolvimento Institucional

 

 

 

 

Título: Coordenador de Desenvolvimento Institucional – Casa da Esperança de Santos

Local: Santos – SP

Salário: Compatível com a capacidade do candidato e com o mercado.

Antecedentes

Fundada em 24 de julho de 1957 pelo médico sanitarista Samuel Augusto Leão de Moura, com o apoio do Rotary Club de Santos, a Casa da Esperança de Santos atua na reabilitação física, intelectual e/ou sensorial de crianças e adolescentes de zero a 18 anos da Baixada Santista e região metropolitana. Por mês, atende cerca de 280 pacientes e oferece mais de cinco mil procedimentos terapêuticos mensais gratuitamente.

A Casa da Esperança de Santos presta serviços de interesse público sem custo para a comunidade. Dos recursos investidos na Casa, 20% são advindos do Poder Público e o restante são recursos advindos de pessoas físicas e jurídicas.

A fim de ampliar o aporte financeiro recebido, a Casa decidiu profissionalizar a área de mobilização de recursos e, assim, está buscando um Coordenador de Desenvolvimento Institucional.

Este profissional trabalhará em estreita colaboração com a Diretoria da Instituição para criar, desenvolver e implementar uma estratégia que incremente a base de doadores individuais. Além disso, trabalhará com o objetivo de definir e supervisionar a implementação da estratégia de relacionamento com parceiros institucionais.

Principais responsabilidades:

Em relação aos doadores Individuais

  • Desenvolver e implementar plano plurianual de captação de recursos de doadores individuais;
  • Gerenciar o telemarketing e o sistema de CRM da Casa da Esperança, reportando à diretoria os desafios, tendências e melhorias necessárias referentes ao processo de aquisição e relacionamento com doadores individuais;
  • Criar e implementar um plano de relacionamento com os doadores individuais, assegurando a fidelização, incentivando e desenvolvendo o relacionamento sistemático, e envolvendo-os nas ações e campanhas da Casa da Esperança;
  • Analisar sistematicamente os motivos de cancelamento/inadimplência de doadores individuais, tomar medidas para aprimoramento do processo, bem como as relacionadas à reativação das doações;
  • Supervisionar operações diárias de recrutamento de novos doadores e cobrança de doadores ativos;
  • Monitorar todas as atividades da área, com objetivos e indicadores chaves (ROI, taxas de cancelamento, Life Time Value), de modo a gerar relatórios regulares sobre o progresso do plano de captação de recursos de associados e ajustá-lo, conforme necessário;
  • Negociar com fornecedores de serviços para garantir uma implementação do ciclo de captação de recursos em tempo e com os melhores padrões de mercado.

Em relação às Parcerias Corporativas

  • Compreender a situação atual do Programa Padrinho Esperança e, a partir do diagnóstico, propor seu incremento, em parceria com a consultoria contratada;
  • Identificar continuamente potenciais parceiros corporativos que possam ser visitados;
  • Agendar e preparar reuniões com potenciais parceiros;
  • Realizar visitas a atuais e potenciais parceiros corporativos (sempre que possível e necessário, acompanhado(a) da presença de algum membro da Diretoria);
  • Garantir que questões administrativas pertinentes à relação institucional com os parceiros (contrato, pagamentos) tenham o adequado andamento;
  • Garantir que as contrapartidas da relação institucional com os parceiros (logomarca nos materiais de comunicação, palestras etc.) sejam providenciadas;
  • Surpreender os mantenedores, antecipando-se às suas necessidades e criando processos de relacionamento que garantam a percepção de valor por parte dos mantenedores;

Experiência & Características Pessoais:

  • Formação acadêmica (3o grau) em Marketing, Economia, Administração, ou experiência equivalente de mercado;
  • Experiência e conhecimento na implementação de planos de captação de recursos individuais (doações de pessoas físicas), aquisição e manutenção de doadores individuais e relacionamento com o ambiente empresarial;
  • Personalidade decidida e empreendedora, capaz de tomar iniciativa para o desenvolvimento das ações necessárias;
  • Interessado(a) e atualizado(a) no que se refere às últimas tendências e benchmarks de marketing e captação de recursos;
  • Excelente nível de comunicação, oral e escrita, tanto em português como inglês;

Para concorrer à vaga

Escreva um texto de aplicação ao processo seletivo, destacando as habilidades e competências que você trará ao cargo e sua pretensão salarial, junto com seu curriculum vitae, e envie para o e-mail rodrigo@mobilizaconsultoria.com.br até o dia 11/01/2019 com o título “Coordenador de DI – Casa da Esperança”.

QUER SABER DAS TENDÊNCIAS EM IMPACTO SOCIAL E MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS? CADASTRE-SE

mobiliza-fundo

Entre em contato e solicite uma conversa (13) 99715-7973 ou contato@mobilizaconsultoria.com.br